quarta-feira, 22 de maio de 2019

Futebol da pequenada

O meu filho joga futebol. É guarda redes de uma equipa local e adora o que faz.
Eu levo-o ao treino, trago-o. Ao fim de semana levamo-lo aos jogos e trazemos. Não falhamos um.
Até aqui tudo bem. O problema surge nos pais.
Sim, nos pais. Não em todos, mas em alguns. Os que se juntam a falar de tudo e mais alguma coisa sobre a equipa. Que opinam, que gritam, que insultam e que agridem.
Há pais que ficam cegos com a obsessão de terem em casa um Cristiano Ronaldo. Pais que colocam tanta pressão nos filhos que nem dão conta que os mesmo antes de um jogo vão vomitar. Pais que exigem tanto que quando o filho falha um passe o olhar dele bate no pai. Pais que colocam as suas proprias frustraçoes nos filhos.
Os pequenos têm 11 anos. Só querem jogar á bola. Não querem ver os pais aos gritos na bancada a insultar o árbitro, não querem ver os pais a baterem no árbitro, não querem ver os pais a gritar com o treinador.
Pais, e isto é para voces: não é por quererem que o vosso filho seja o Cristiano Ronaldo que isso irá acontecer.
Limitem-se a ser Pai e Mãe, a apoiar, a motivar e a acompanhar. Os vossos filhos agradecem.

terça-feira, 21 de maio de 2019

Águas mil

A beber 1.5L de água por dia.
Dizem que faz bem, que a água é fundamental e blá blá blá.
Só sei que não saio da casa de banho.


Cristina Ferreira

Quem por aqui me conhece sabe sabe que ate tenho um certo apreço pela Cristina Ferreira.
Acho-a uma lutadora, que começou por baixo e com o trabalho e deicação conseguiu alcançar um patamar invejável na Tv Portuguesa.
Muito zelosa da sua vida privada, nunca se viu uma foto do seu filho, raramente se vê fofocas da sua vida particular, exceptuando o que ela quer que se veja. 
Muita gente não gosta dela, dizem que grita muito, que é histérica, que é futil. São opiniões. 
Sempre achei uma estupidez o aproveitamento da fizeram da dita rivalidade existente entre ela e a sua sucessora Maria Cerqueira Gomes. Penso que cada uma terá as suas qualidades e não têm obrigatoriamente que competir.
Desde que a Cristina foi para a Sic que confesso que tive curiosidade em ver o formato que apresentaria e de facto, está em outro patamar. 
Sabe falar com as pessoas, sabe do que as pessoas gostam, faz as perguntas que o espectador gostaria de fazer. Questiona-se.
Há dias provou mais uma vez porque é a melhor. A comoção que teve com o sr António, um senhor que ganhou no passatempo do programa cerca de 2500 eur e disse que os ia utilizar para pagar o funeral da sua esposa, tocou o coração de muita gente.
“Não se comova porque Deus deu-nos inteligência e sabedoria. A gente sabe que um dia chega ao fim esta viagem. Vocês pagaram-lhe a última viagem. É uma satisfação para mim ainda ter a oportunidade de provar a generosidade de certas pessoas. É uma coisa que já vai escasseando”, salientou o Sr Fernando tentando ele confortar a própria Cristina.
Parabéns Cristina que alem de uma grande profissional, és um grande ser Humano.

segunda-feira, 20 de maio de 2019

De volta

Como tudo o que nos acontece na vida, há coisas que nos têm que levar a pensar, a reflectir no que fazemos e no que podemos mudar.
As noticias foram boas, e esta tudo bem comigo.
O susto, esse, ninguém mo tira. Dei comigo a ter mais medo do que fé.
A verdade é que tudo passou, mas percebi que não estava no caminho certo.
Tu sabes que as coisas acontecem, sabes que não estas livre, que nada é certo, mas quando te bate á porta uma hipótese, por mais ínfima que seja tu assustas-te.
É tempo de mudar, é tempo de direccionar o meu foco para mim e para a minha saúde, investir os meus objectivos e energia em querer ser melhor e estar melhor.
Vou voltar ao ginásio, vou comer bem. Vou chutar para canto quem não me faz bem, quem não me acrescenta nada. Eu e as minhas pessoas é quem importa.
Vou relembrar todos os dias que a vida é uma dádiva, que não temos garantias de nada e que o nosso maior compromisso tem que ser sempre connosco e com os que amamos.




segunda-feira, 15 de abril de 2019

Das surpresas da vida

Num post que escrevi aqui, há já algum tempo, referi que estava a espera de um resultado de saúde.
Esse resultado veio, no passado mês de Março e foi um momento difícil e novo para mim.
Fui operada e felizmente na operação correu tudo bem, embora continue á espera de mais um resultado.
Tudo isto no espaço de apenas umas semanas, que estas coisas voam com o tempo. Penso que apesar de tudo, acabamos sempre por encontrar serenamente o nosso caminho e a perceber que, no meio do turbilhão de coisas que nos acontece, nós somos mais fortes do que aquilo que pensamos. 
Tenho a sorte de ter como marido a pessoa mais espectacular que pode existir, que por mais que eu tentasse por em palavras tudo o que ele é, nunca as palavras iriam chegar.
De vez em quando, a vida vira do avesso. É assim. Se foi uma luta já vencida ou não, so dentro de algumas semanas saberei, mas para já quero pensar que sim, quero pensar que tudo vai estar bem. 
É preciso respirar fundo e deixar fluir.